sexta-feira, 9 de abril de 2010

Mais açúcar e mais afeto.

Até mesmo o café parecia mais amargo quando ela mais precisava pensar. Se houvesse mais açúcar e mais afeto, amargariam menos os seus pensamentos, e talvez ela mesma se tornasse mais doce do que costumava ser. Doce demais estraga? Ela achava que sim, mas veja bem, não precisava adoçar tanto. Bastava que conseguisse engolir mais fácil, aceitar mais fácil, resolver mais fácil.
Bastava ser mais fácil.
Estar sozinha às vezes é uma dádiva, quando se quer organizar melhor as coisas dentro de si.
Porque há coisas que bagunçam, coisas que invadem, que desalinham e que nos obrigam a procurar uma parte tranquila de nós mesmos, onde seja possível desabar em paz.
Porque às vezes, é inevitável que se desabe.
E ela poderia sentar em um canto, com as pernas cruzadas, e apenas deixar que o tempo cuidasse de tudo. Dizem que ele sempre sabe o que fazer. Mas é tão estranho ser cuidada, quando se sente tão intimamente essa responsabilidade de cuidar. Então até mesmo o café é mais amargo, porque até mesmo ela (inevitavelmente) se obriga a ser menos doce.
Ser cuidadosa amarga. Desabar amarga.
Mas veja bem, não precisava adoçar tanto. Bastava que conseguisse engolir mais fácil, aceitar mais fácil, resolver mais fácil.
Bastava ser mais fácil, e fim.

9 comentários:

  1. Também queria um pouco mais de açúcar... porque as vezes até a vida é um pouco amarga demais...

    bjaoo ;*

    ResponderExcluir
  2. E doce demais estraga? rss..
    Gostei de uma coisa que vc disse.. em relação a quando estar sozinho é uma dádiva... pq são nessas horas que nos reconhecemos.. pensamos e crescemos!

    ResponderExcluir
  3. "Porque às vezes, é inevitável que se desabe."
    Fantástico teu texto, simplesmente amei. Seguindo, e louca por mais um café amargo desses!
    xx

    ResponderExcluir
  4. olha só...
    sobre ser mais fácil...
    eu acho que, quando a situação sabe pedir de alguém que seja mais flexivel ela faz...
    a vida torna a gente mais solido e mais liquido de acordo com a situação...
    estar sozinha é preciso... assim como estar acompanhada tbm...
    existe a comunidade no orkut...
    Quero e não quero namorar..
    hahaha....
    assumir compromissos nem sempre é bom..
    mas ficar sozinha com certeza resolvi muita coisa..
    não só para se organizar, como para desorganizar tbm...
    as vezes as pessoas nos deixa taãão aquecida na tranquilidade que esquecemos até como paquerar..
    mas amargo n dá p ser..
    tbm n dá p ser facil...
    tem que se permitir fornecer apenas o aroma do café, qe por si eh um mistério..
    não dá p saber ... se tem doce demais ou de menos.!

    beijos

    ResponderExcluir
  5. Tudo que vem em grande volume estraga. Por isso é importante sempre manter o equilíbrio das coisas que fazemos e buscamos em nossas vidas.

    Ser dócil é uma qualidade que pouqíssimas pessoas tem... Algumas conseguem adquirí-la com o tempo, casos raros.

    O que mais prezo é pelo bem estar das pessoas que amo. Porquê são elas que nos aturam de verdade quando estamos em dias mais amargos!

    Não podemos viver nos culpando pelas nossas imperfeições. Devemos reconhecê-las e minimizá-las ao máximo! ( :

    O meu beijo mais doce, Larissa.! ;*

    ResponderExcluir
  6. Eu sempre digo que açúcar de mais da diabete, mas açúcar de meno amarga o coração.
    É preciso encontrar a medida ideal.
    No entanto, essa ação de 'encontrar a medida' deve ser feita constantemente, porque, como você bem disse, 'é inevitavel que se desabe'.
    Muito bom!

    Bjobjo =*

    ResponderExcluir
  7. Um cafée é ótimo, e com muitoo açucar fica espetacular!

    O que um doce não faz com a vida nãoo ée?!
    Seja açúcar mascavo ou mesmo o tradicional...sem ele o riso não teria significadoo!

    =)

    Lindo Blogg!

    ResponderExcluir